Será que as babás de uniforme não conseguem manter a ordem na creche chamada Morro dos Macacos?

O tráfico está lá, a UPP é só uma maquiagem porque quem manda ainda são os Zés Pequenos da vida, continuam matando de forma silenciosa e a polícia sabe disso mas não se metem, enquanto a população da Zona Sul e a classe média do asfalto achar que está tudo bem, sem ostentação de armas e as mortes continuarem oculta está perfeito. Só que não podemos esquecer que daqui a 3 anos a guerra vai recomeçar e a segurança pública vai se arrepender de fazer vista grossa para o que está na cara deles. Mas a corrupção policial é um fato e onde há dinheiro meu irmão… é foda e que raça para gostar de grana suja.

O traficante Jorge de Araújo Vieira, o Bebezão, segundo na hierarquia do Morro da Pedreira, em Costa Barros, foi morto hoje numa troca de tiros durante tentativa de assalto a carro-forte em Costa Barros.

Menos um FDP, morreu tarde!

Ele é braço direito de Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, dono do tráfico na região. Bebezão estava refugiado em Costa Barros desde o Morro dos Macacos, em Vila Isabel, foi pacificado pela PM.

Segundo investigações, além de ajudar no tráfico, estava à frente dos roubos praticados pela quadrilha na região, aterrorizando motoristas.

Também participava da guerra entre facções, liderando os bondes para tentar invadir o Chapadão. O Disque-Denúncia (2253-1177) pedia R$ 1 mil por ele.

Apesar da presença da Polícia Militar em Vila Isabel, comerciantes das proximidades do Morro dos Macacos foram obrigados a fechar seus estabelecimentos devido à morte de Bebezão. Segundo eles, pessoas na garupa de motos passaram pela área dando a ordem.

“Por conta do falecimento de um traficante pediram para que fechássemos até o fim do dia”, contou um comerciante que, com medo, não quis se identificar.

Para evitar o policiamento na região, alguns deles chegaram a ligar para os lojistas dando a ordem de fechamento.

Anúncios