Um crime bárbaro chocou os moradores da cidade de Cardoso Moreira, no Noroeste Fluminense: um homem matou a amante ao enterrá-la viva no terreno de sua casa de praia, em São João da Barra. O motivo: eles brigaram após ela insistir para que ele terminasse o casamento. O corpo de Adriana da Silva Aguiar, 33, foi encontrado na quarta-feira, após escavações no terreno do imóvel, na Praia de Grussaí, e sepultado nesta sexta-feira. Fernando Faria Negrin, 42, confessou à polícia que se encontrou com Adriana no dia 4 e foi com ela para São João da Barra, mas eles discutiram no caminho. Como Adriana não voltou para casa, parentes procuraram a polícia, que descobriu o caso extraconjugal.

Fernando tentou se matar cortando o pescoço com uma faca, mas foi socorrido e confessou o crime. Os peritos do IML de Campos encontraram areia nos pulmões da vítima, o que indica que ela ainda estava viva quando enterrada.