Policias da Divisão de Homicídios da Capital (DH) conseguiram identificar o homem acusado de assassinar Paulo César Ferreira da Silva, de 37 anos. O crime ocorreu na tarde deste domingo, em frente a um bar na Rua Figueiredo de Magalhães, em Copacabana, na Zona Sul da cidade. A vítima foi morta ao ser atingida por três tiros à queima-roupa após uma discussão.

Marcos Miguel Libório Cabral, 39 anos, já tem um mandado de prisão pelo crime expedido contra ele. Os policiais foram ao apartamento do criminoso, que fica à 100 metros do local, mas ele não foi encontrado. Vítima e acusado assistiam a uma partida de futebol quando começou a discussão. O acusado deixou o local, pouco tempo depois voltou armado e atirou três vezes contra Paulo César. Ele foi atingido por dois tiros nas costas e um na cabeça.

Paulo Cesar era de Minas Gerais e passava alguns dias no Rio. Após o crime, o acusado fugiu andando da lanchonete, segundo testemunhas. De acordo com o delegado titular DH, Rivaldo Barbosa, informações e imagens de câmeras próximo ao local foram colhidas para investigação do caso.