O pai de santo Edmar dos Santos Araújo, 23 anos, conhecido como Pai Bruno de Ogum, ameaçou usar magia negra ao extorquir dinheiro do rapaz que o procurou para que conseguisse “a mulher amada” em três horas. A afirmação foi feita pela vítima em depoimento na 14ª DP (Leblon). Segundo o rapaz, que tem 26 anos e é gerente, o suspeito cobrou valores além do que havia sido combinado e já pago, alegando que “a magia já tinha começado e precisava de mais dinheiro para prosseguir”.

Pai Bruno foi preso na madrugada desta quarta-feira (13), por policiais da 14ª DP, por extorsão e formação de quadrilha. Segundo a polícia, ele comandava um grupo que havia praticado o crime contra várias outras pessoas.

Vítima se sentia sozinha O gerente, que é morador do Leblon, disse que resolveu procurar a polícia depois das ameaças. Em depoimento, o rapaz disse que ligou para o pai de santo, no dia 7 de junho, depois de ler anúncio na internet, porque se sentia muito sozinho. Ele contou que uma secretária atendeu o telefone e cobrou R$ 170 pelo serviço: trazer a pessoa amada em três horas.

No mesmo dia, o jovem se encontrou com um motoboy próximo ao 23º BPM (Leblon), levando o dinheiro, além de uma fotografia 3X4, dois desodorantes e um par de roupas usadas. Trinta minutos depois, ele recebeu telefonema da suposta secretária, que lhe disse que precisava de mais R$ 550,00 para “prosseguir com a magia”.

Anúncios