Três pessoas morreram e cinco ficaram feridas num grave acidente envolvendo três veículos, na pista sentido Itaboraí da Rodovia Niterói-Manilha, em Neves, São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio, na noite deste domingo. Um veículo de passeiodesgovernado invadiu a pista sentido contrário, decolou e ceiu no teto de uma van de lotada. Os dois carros se arrastaram engatados por cerca de 100 metros. Três feridos foram lançados para fora do carro. A pista ficou interditada por quatro horas e meia.

O acidente ocorreu por volta das 21h30, no Km 319, na divisa dos município de Niterói e São Gonçalo. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, a Fiat Tipo placa LAN-0377, com seis pessoas a bordo, seguia no sentido Niterói da rodovia. Na altura da passarela de Neves, em São Gonçalo, o motorista perdeu a direção, destruiu a tela de proteção e invadiu a pista sentido Itaboraí, decolou e bateu de frente na van placa LPE-9696. Uma kombi também foi atingida de raspão, mas ninguém do veículo se feriu.

 Acidente causou congestionamento na via | Foto: Leitor @Tergilene

Em entrevista à Rádio CBN, o agente da PRF Alexandre Esaú disse que o primeiro cenário ao chegar ao local do acidente foi encontrar os feridos no asfalto e os mortos nas ferragens. O motorista da Fiat contou ao policial que foi atingido na traseira por uma Fiat Stilo prata e perdeu o controle do carro. “Ele disse que não tinha a CNH (Carteira Nacional de habilitação) e não apresentou o documento. Estamos checando a veracidade dessa informação”, informou o inspetor.

O carro ficou sobre a van e os dois veículos foram parar acoplados a cerca de 100 metros do local da batida. Na pista ficaram destroços dos dois veículos, como uma das portas da van e a porta traseira e uma caixa de som do carro, além de peças de roupas. Três dos cinco feridos que estavam na van foram projetados para fora do veículo. Eles foram socorridos por ambulâncias da concessionária Autopista Fluminense e levados para o Hospital Azevedo Lima, em Niterói. A empresa informou que duas delas estão internadas em estado grave e três tiveram ferimentos moderados.

O motorista da van Jackson Sandro da Silva e a mulher dele, Flávia Nascimento, e uma mulher identificada até o momento apenas como Vanessa, que estava na Fiat, morreram nna hora presos às ferragens. Segundo conhecidos do casal, eles voltavam de uma festa. O clima no local era de comoção entre parentes e amigos das vítimas que estiveram no local.

“Foi um estrondo muito alto. Depois que destruiu a tela e tocou na grama a Fiat voou e caiu de frente no parabrisa da van. Os parentes que estiveram aqui estavam desesperados. Uma cena muito triste”, disse o frentista de um posto de combustíveis que fica em frente do local onde houve a colisão. Ainda segundo ele e outros frentistas, o trecho da Niterói-Manilha entre um quartel da Marinha e a Avenida do Contorno é considerado crítico devido ao grande índice de acidentes.

Por causa do acidente o trânsito foi desviado para uma pista auxiliar. O congestionamento chegou a cerca de três quilômetros. Ainda de acordo com a Autopista Fluminense, o trânsito foi totalmente liberado na pista a limpeza da via e a retirada dos veículos. A ocorrência foi registrada na 73ª DP (Neves).