É lamentável o ocorrido na apuração das escolas paulistas. Fica comprovado a superioridade da liga carioca na organização e andamento do carnaval, mostra a imaturidade e o quanto é quadrado o carnaval paulista. Se tem marmelada, tem sim senhô e daí? Quando a marmelada te favorece ok e quando não destrói tudo? Rola marmelada desde a escolha de samba de cada escola, na disputa nem sempe o melhor samba vence mas sim o que a quadrilha decide que será campeão. E todos nós sabemos disso e sempre torcemos cada um pela escola de coração mesmo sabendo das cartas marcadas. O que não podemos é voltar a idade da pedra e tentar rasgar algumas regras já combinadas. O Rio está de parabéns, está há Um milhão de anos luz à frente de São paulo no quesito carnaval em um contexto geral. No Rio é “CARNAVAL” em São Paulo é ” CarnaSampa”… é uma micareta com fantasias.