O bilhete único carioca vai aumentar para R$4,95 (2,75+2,75=5,50), o que estava sendo uma ótima iniciativa dos nossos governantes começa a desmoronar. os empresários das empresas de busão devem ter reclamado horrores no ouvido do prefeito. Não esquecendo que o BU estadual também aumentou. Vai demorar pouco para não valer mais a pena.

O transporte público aqui na cidade do RJ é dos piores que temos. Ônibus lotados, Barcas à deriva, Trens descarrilhando e Metrô é uma lata de sardinha… deveria custar R$ 1 as passagens de serviço coletivo público. 

Desde este domingo (15), os usuários do Bilhete Único intermunicipal passam a pagar mais caro pela tarifa, que passa de R$ 4,40 para R$ 4,95, o que representa um reajuste de 12,27%. A decisão anunciada pelo governo do Rio de Janeiro no mês passado foi publicada no Diário Oficial de 13 de dezembro. O reajuste é calculado com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) entre novembro de 2009 e novembro de 2011.

O Bilhete Único é benefício de redução das tarifas nos serviços de transporte intermunicipal. O cartão tem que ser usado em no máximo 2h30 e funciona em ônibus, barcas, trens, metrô e vans (regularizadas), desde que haja integração intermunicipal entre eles. Ônibus do tipo “frescão” não estão incluídos.

Casal de amigos Gabriel e Mariana (Foto: Carolina Lauriano/G1)

Usuários reclamam de aumento Os usuários reclamaram do reajuste. A maioria considera o novo valor abusivo e reclama da falta investimento no serviço.

“Não tem lógica, esse aumento é abusivo”, disse o biólogo Thiago Souza Figueiredo, que mora no Rio e faz mestrado em Niterói, na Região Metropolitana, logo após saber do reajuste, na época da publicação no D.O.
“Acho abusivo. Os locais de recarga são muito poucos, as filas são sempre imensas”, reclamou Paulo Gonçalves, professor de educação física e morador de Niterói.

“Acho um absurdo, a gente já paga um valor altíssimo de passagem de ônibus, sem ar-condicionado, nesse calor do Rio; a barca com acidente constantemente, atendimento horrível, o sistema do Bilhete Único está sempre fora do ar”, disse o amigo Gabriel Franco. Mariana completou: “E para a gente que é estudante não tem meia entrada na passagem”.

Em nota, a assessoria do RioCard, empresa que administra o serviço, informa que vai contratar serviços com outros fornecedores de redes de recarga, para aumentar a quantidade de estabelecimentos que oferecem o serviço.

A nota da assessoria afirma que a recarga do Bilhete Único pode ser feita através da internet (www.riobilheteunico.com.br), com a inserção de créditos no cartão em qualquer validador de bordo, 48h depois do pagamento.

A RioCard também ressaltou que a recarga pode ser feita em uma das 18 lojas da empresa e na rede de Compra e Recarga, que tem mais de 350 estabelecimentos comerciais (como farmácias, bancas e mercearias) , além das 400 agências do banco Itaú credenciadas.