Eu tinha postado no facebook quando li  a matéria no Jornal O Dia sobre a prisão do Nem da Rocinha que os policiais que o prenderam não eram esses santos que a mídia estava dignificando aos quatro ventos. Cheguei a comentar em rodas de familiares a minha opinião sobre e fui duramente criticado. Alguns chegaram a dizer que eu estava generalizando, que policial também é pai de família, que uns 40% são honestos (eu digo com convicção que apenas 1% deve ser honesto e olhe lá) e tal. Pois bem, vamos lá… policial militar (soldado) tem condições de morar depois de 2 anos na corporação em uma área nobre da Ilha do Governador, Jardim Guanabara, com um carro renault e um prédio bem aconchegante na rua principal do bairro????? Aí os defensores desta corja vão dizer que é herança de família e coisa e tal… não, não foi… morava em um bairro pobre antes de ser PM. Ah, e o pai também era pobre. Isso é só um exemplo de tantos que tem por aí. Agora vem a notícia que eu já sabia: O pm que participou da prisão do Nem da Rgocinah foi preso assaltando no centro do Rio com a pistola da corporação. Então povo que defende esta corja podre e covarde tomem cuidado se algum policial te ajudar abra bem o olho e veja se sua carteita continua com você.

Soldado que participou da operação que capturou Nem é preso

POR FLÁVIO ARAÚJO

Rio – O soldado Silva Júnior, um dos PMs que participaram da prisão do Nem da Rocinha, foi preso por policiais do 5º Batalhão assaltando pessoas na saída do túnel da Rua Henrique Valadares, no Centro, no fim da noite deste domingo. Segundo os PMs que efetuaram a prisão, ele apresentava sinais de alteração, possivelmente estando drogado ou embriagado.

Apesar de não estar fardado nem de serviço, ele usou sua pistola para dar uma coronhada em uma das vítimas. O soldado foi encaminhado para a 5ª DP (Mem de Sá).