O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva foi diagnosticado com um tumor de laringe após realizar exames neste sábado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ele segue internado e será submetido a quimioterapia. Na quinta-feira, ele completou 66 anos de idade.Segundo boletim médico, Lula se encontra bem e o tratamento será iniciado nos próximos dias. Nesta sexta-feira o hospital havia divulgado que o ex-presidente iria ao Sírio-Libanês apenas para prestar exames de rotina.

José Chrispiniano, assessor do Instituto Lula, afirmou nesta sexta-feira que os exames feitos seriam  apenas para o ex-presidente verificar seu estado de saúde. “Ele passa bem”,  chegou a garantir o assessor.

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de laringe representa cerca de 25% dos tumores malignos na região da cabeça e pescoço, dois terços dos tumores do gênero ocorrem na corda vocal. A maioria dos cânceres de garganta se desenvolve em adultos com mais de 50 anos. Homens são dez vezes mais propensos a ter a doença do que as mulheres.

No twitter, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, disse: “O  presidente Lula é um homem forte e corajoso. Vencerá essa batalha. Já  venceu muitas outras”.

Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pelo hospital

O Ex-Presidente da República, Sr. Luís Inácio Lula da Silva realizou exames no dia de hoje no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, tendo sido diagnosticado um tumor localizado de laringe.

Após avaliação multidisciplinar, foi definido tratamento inicial com quimioterapia, que será iniciado nos próximos dias. O paciente encontra-se bem e deverá realizar o tratamento em caráter ambulatorial.

A equipe médica que assiste o Ex-Presidente é coordenada pelos Profs. Drs. Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz, Luiz Paulo Kowalski, Gilberto Castro e Rubens V. de Brito Neto.

Dr. Antonio Carlos Onofre de Lira
Diretor Técnico Hospitalar

Dr. Paulo Cesar Ayroza Galvão
Diretor Clínico”