Ontem fui a Marcha da Liberdade na praia de Copacabana, zona sul do Rio. A Marcha tinha várias bandeiras levantadas, legalizar o aborto, discriminalização da homofobia, discriminalização da maconha, feministas contra o machismo, cultura… uma marcha em favor das minorias. É óbvio que tem bandeiras que um ou outro não concorda, natural, mas o direito de expressar o que pensa é um direito meu, seu e nosso. Por isso foi importante a passeata ontem, mais de 1.300 pessoas percorreram de forma pacífica e ordeira a orla de Copacabana, entoando músicas engraçadas e gritos das bandeiras defendidas. Ontem foram Mil… daqui há alguns anos pode ser Um milhão… o povo quer se expressar e o mundo vai ter que ouvir, mas sempre com compreensão e discutindo mais profundamente cada bandeira. O ponto alto da caminhada foi quando em uníssono ecoaram “Hei globo vai tomar no C*, hei globo vai tomar no C*… O povo não é bobo, abaixo a rede globo”.