Governador Sérgio Cabral perdeu a linha com os seus combatentes homens. Ordenar a entrada do BOPE para prender os revoltosos foi um erro, erro de um govermo desgovernado, hoje é você PM que prende o BOMBEIRO e amanhã quem irá prender vocês PM’s? Hoje uma classe se rebela amanhã poderá ser a sua. Os bravos BOMBEIROS chegaram ao extremo limite, o governo em nenhum momento tentou reslover a situação, pelo contrário, varre os BOMBEIROS para dabaixo do tapete e os esquecem lá.  A população é quem vai terminar pagando o pato pela falta de respeito do governo com os homens trabalhadores que salvam vidas. Um exagero e arrogância de um governador que governa para poucos. Sehor Sérgio Cabral deste jeito o sonho da presidência o senhor nunca irá realizar. BOMBEIROS DO RIO ESTAMOS COM VOCÊS!!!

Olhem e vejam que os BOMBEIROS são TRABALHADORES e não BANDIDOS… ah é, bandidos ELE avisa antes para eles fugirem.

MANXXXA

Os manifestantes que ocuparam o Corpo de Bombeiros na noite de sexta-feira para sábado já começaram a ser levados para a sede da Corregedoria da Polícia Militar em Niterói. No total, foram detidos 439 bombeiros. Uma parte deles serão levados para a Unidade Especial Prisional, em Benfica, Zona Norte do Rio.

Muitos familiares e bombeiros que não foram presos estão na frente do Batalhão protestando contra o ocorrido.

Foto: Ernesto Carriço / Agência O Dia
Bope invade Quartel-Central dos Bombeiros ocupado pelos manifestantes | Foto: Ernesto Carriço

O governador Sérgio Cabral está reunido com secretários e em breve dará uma entrevista coletiva em relação à posição do Governo do Estado sobre os revoltosos.

O Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope) invadiu, por volta das 6h deste sábado, o quartel do Comando-Geral dos Bombeiros, na Praça da República, Centro do Rio. O local está ocupado desde a noite de sexta-feira por dezenas que manifestantes que reivindicavam aumento salarial, vale-transporte e melhores condições de trabalho. Para entrar no local, a PM usou bombas de efeito moral e de gás lacrimogêneo.  Pouco antes, foram ouvidos barulho de disparos de armas de fogo vindos do interior do quartel.

Foto: Ernesto Carriço / Agência O Dia
Caos após invasão do Bope no Quartel-Central dos Bombeiros | Foto: Ernesto Carriço

A Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil informou em nota na noite de sexta que os manifestantes serão presos por “invadir órgão público, agredir um coronel e desrespeitar o regulamento de conduta dos militares”.

Por volta das 8h, o Bope anunciou a prisão de alguns revoltosos.

Cabral exonera comandante dos Bombeiros

O governador do Rio, Sérgio Cabral, exonerou o entao comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Pedro Machado. Em seu lugar, assume o cargo o Coronel Sérgio Simões, atual subsecretário Municipal de Defesa Civil do município do Rio.

Na entrevista coletiva, concedida no Palácio Guanabara, residência oficial do Governo do Estado, Cabral chamou os manifestantes de “amotinados irresponsáveis”. Segundo ele, os bombeiros envolvidos na invasão ao Quartel-Central nçao representam a corporação e vão responder administrativamente e criminalmente pelo ocorrido.