A elite deste país não respeita você. Trata a classe baixa com desprezo e como “lixo”. Para a “elite deste país” ter tido um presidente da república de origem nordestina, pobre, operário e sindicalista é uma vergonha. Ver um “lixo” subir na vida é algo que deixa eles “elitistas” com inveja, medo e com mais raiva de você. O povo “lixo” brasileiro tem que compreender a manipulação que a mídia podre faz para lavar sua mente, melhor, sujar a sua mente companheiro, com notícias sempre pontuais para prejudicar o crescimento do “lixo” brasileiro. Sabe aquele “filhinho de papai” que nasce em berço de ouro, tem uma mesada fixa, é “amigo” do filho da empregada (claro que só para humilhar falando que tem isso e aquilo e o coitado não), fez faculdade por fazer, mas o pai morre, e a sua vida deixa de ser fantasia e vira realidade nua e crua. Tem que trabalhar, coisa que não gosta de fazer, responsabilidade não faz parte de seu vocabulário, respeito ao próximo então nem que a mãe, agora mais humilde, lhe implore, o coitado ainda acha que pode fazer o “lixo” brasileiro de gato e sapato, não que pudesse antes mas o  “elitista mirim” achava que sim. Daí algum tempo depois esbarra com aquele “amigo” filho da sua ex-empregada em uma empresa… vamos dar como exemplo a Petrobras neste caso… e o “amigo lixo” filho do “lixo” deste país é concursado da empresa, tem um humilde carro popular, cursando faculdade particular, comprou uma casinha humilde para a sua mãe sofrida trabalhadora “lixo” deste país, está finaciando a sua própria casa com a ajuda da noiva, é… o “amigo” lixo deste país vai casar na igreja e dar uma festa para convidados em uma casa de festas simples no seu bairro. O “elistista” fala entre os dentes com o “amigo” lixo deste país e pensa com seus botões “FDP de filhinho de empregada, tá se dando bem na vida. Tinha porra nenhuma, mal tinha o que comer e agora até festa vai dar.” O “elitista” mesmo com o dinheiro de herança do pai, mesmo com todo o conforto que a vida lhe concebeu desde criança, o “elitista”, bem… o “elitista” vai se sentir ameaçado com o crescimento do “lixo”, sabe por que? Tem medo do “lixo” deste país ter oportunidade de mostrar a sua sabedoria, inteligência e perspicácia. Tem medo de ter um dia o filho do “lixo” como seu chefe. Porque eles acham que quando morrerem irão virar pó de ouro e serão guardados em um linda urna banhanda em ouro e o “lixo” deste país quando morrer irá virar uma carne podre e será comida pelos vermes numa cova rasa. Não qeremos ser melhor de que o “elitista” ou sua família, APENAS QUEREMOS SER RECONHECIDOS E RESPEITADOS PELO PAÍS QUE CONSTRUÍMOS JUNTOS… O PAÍS É PARA TODOS. SE NÃO EXISTIR O GARI QUEM VAI RETIRAR AS TONELADAS DE LIXO DA RUA? VOCÊ. Os filhinhos de papai perderam as últimas eleições e agora querem  criar e alimentar factoídes com a ajuda da imprensa podre. Se o filhinho de papai ROUBA UM TOCA-FITAS “é tadinho, isto não vai mais se repetir, roubou porque estava em depressão… etc.” Se o “lixo” do país PEGA UMA BANANA NA FEIRA SEM PEDIR “é um ladrão safado, tem que ser preso sem direito a fiança”… etc. O PAÍS tem seus filhos e precisa criálos de forma igual para que não aja ciúmes de nenhum dos lados. Mesmo que um dos filhos venha a ser melhor do que o outro profissionalmente, socialmente… o PAÍS tem que dormir com a consciência tranquila que o tratamento foi igual.

Valeu Boris Casoy, você representa muito bem o que pensa a ELITE.

Anúncios