Funkeiro, conhecido pela irreverência, fez sucesso com o hit ‘Eguinha Pocotó’ 

Morre um ícone do funk carioca. Morreu, por volta das 5h desta terça-feira, Marco Aurélio Silva da Rosa, o dançarino Lacraia, que ficou famoso por fazer carreira ao lado de MC Serginho. O funkeiro, que tinha 34 anos, estava internado no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, na Tijuca, Zona Norte do Rio, se tratando de uma doença crônica.

O hospital não quis informar a causa da morte. O velório será realizado nesta terça-feira, na capela 10 do cemitério de Inhaúma. O enterro acontecerá nesta quarta-feira, às 10h, no mesmo local.

Foto: Ernesto Carriço / Agência O Dia
MC Serginho (E) e Fabinho brincam com Lacraia no colo. Alegria era a marca do dançarino | Foto: Ernesto Carriço / Agência O Dia

A notícia foi dada pelo promoter David Brazil em seu Twitter. “Ô meu pai celestial, acabei de receber uma noticia tão triste, a animadíssima LACRAIA faleceu hoje as 5 da manha. QUE DEUS A TENHA!”. Segundo David, foi a própria irmã da funkeira que deu a notícia. “Amados, não sei a causa, ela estava dodói, cheguei a visita-la na sexta feira, hoje cedo sua irmã me ligou dando a triste noticia.” 

Vídeo: Relembre a dança que eternizou Lacraia

MC Serginho e Lacraia fizeram muito sucesso no início da década. Juntos, participaram de muitos programas televisivos, embalados pelo hit “Equinha Pocotó”.

Em fevereiro de 2003, sua participação no “Domingo Legal” rendeu ao programa a liderança na audiência naquele horário, com 20 pontos. Uma das últimas aparições de Lacraia foi no programa o “Melhor do Brasil”, da Rede Record.

A morte da dançarina já está na lista dos assuntos mais comentados no Twitter. Famosos lamentaram nas redes sociais. “Que notícia triste meu Deus! A Lacraia era só alegria, nunca a vi chorar!”, disse Solange Gomes. Já Gracyanne Barbosa disse que estava emocionada com a notícia.

Anúncios