* Matéria tirada do blog do deputado estadual Gilberto Palmares

Em visita ao Centro de Regulação de doenças infectocontagiosas do estado do Rio de Janeiro para verificar as condições de internação dos pacientes com tuberculose, o deputado estadual Gilberto Palmares, presidente da Frente Parlamentar de Combate a Tuberculose e HIV/Aids concluiu que a procura por leitos é maior que a oferta. “De ontem, dia 17 (quinta), pra hoje 18 (sexta), há 12 pacientes esperando internação e na parte da manhã não havia nenhuma vaga nos dois hospitais da rede estadual. A média de procura por internação é de mais de 100 doentes por semana”, verificou Palmares.

A demanda é oriunda de postos de saúde, UPAs e hospitais de todos os municípios, mas a maior incidência da doença é na Baixada Fluminense. Na cidade do Rio, a maioria dos doentes é da população de rua, explicou o médico do Centro de Regulação Ricardo Galgoul.

Como 24 de março é o Dia Mundial de Combate a Tuberculose e o Rio de Janeiro é o estado com piores índices da doença, o deputado estadual Gilberto Palmares está convencido de que falta vontade política para jresolver o problema. “O ideal é tratar a doença no início para o paciente não precisar de internação. Como isso não acontece, precisamos aumentar o número de leitos. A tuberculose precisa ser tratada de forma articulada com a Secretaria de Assistência Social e o programa de erradicação da pobreza, já que a tuberculose está totalmente ligada às camadas mais pobres da população”, constatou Palmares.

O parlamentar também pediu uma reunião na quarta-feira, dia 23, às 11h30, com o procurador Leonardo Chaves, para relatar o problema da falta de leitos e solicitar que o Ministério Público obrigue o estado a tomar providências. “Não podemos continuar a ser o estado com os piores índices do Brasil. Nosso objetivo é fazer uma representação pública em parceria com os movimentos organizados, entre eles o Forum TB/Aids, e entregar ao MP para que ele, de forma legítima, cobre a solução do problema”, avisou Palmares.

O deputado visitará ainda os dois hospitais que tratam da tuberculose no estado – o Instituto Estadual Ari Parreiras, em Niterói; e o Hospital Estadual Santa Maria, em Jacarepaguá. Também estará presente nas atividades que serão promovidas na Cinelândia, no dia 24, pela sociedade organizada.