TÓQUIO – Além do risco de contaminação por radiação, que se tornou real nesta terça-feira, quando os índices medidos em Tóquio aumentaram, a capital do Japão também enfrenta agora a ameaça de um grande apagão. Cortes de energia já vem acontecendo desde o terremoto seguido por uma tsunami na última sexta-feira. Agora, devido ao aumento do consumo, que coincide com uma drástica queda de temperatura, o blacaute pode afetar toda a cidade – a maior metrópole do mundo – e seus arredores, onde vivem mais de 35 milhões de pessoas.

Anúncios